Programa Educação Viária é Vital

PROGRAMA EDUCAÇÃO VIÁRIA É VITAL – 2022

CONTEXTO
Segundo dados da Organização das Nações Unidas no ano de 2014, 87,5% dos brasileiros moravam em cidades e prospectam que em 2030 tenhamos 91% da população vivendo em cidades. Esta crescente urbanização, muitas vezes realizada sem o planejamento necessário, compromete a qualidade de vida das pessoas, que passam a conviver com o aumento da poluição de rios, solo e ar, violência urbana,  e, sinistros de trânsito.

Neste cenário a Agenda 2030 é a referência e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, são a estrutura para integrar a questão da Segurança Viária à outras políticas especialmente às metas dos ODS relacionados à ação climática; igualdade de gênero; saúde; cidades e comunidades sustentáveis; educação de qualidade; infraestrutura, consumo e produção responsável e a redução das desigualdades. 

O Programa Educação Viária é Vital, conecta a segurança viária com saúde física e mental, desenvolvimento, educação, equidade, equidade de gênero, cidades sustentáveis, meio ambiente e mudança climática e faz uso das principais ferramentas de ensino aprendizagem para contribuir com a formação das comunidades envolvidas no Programa.
PROGRAMA EDUCAÇÃO VIÁRIA É VITAL

O Programa foi desenvolvido para os professores e alunos do ensino infantil, fundamental e médio. Trata-se de um conjunto de propostas de atividades integradas às disciplinas e aulas, envolvendo os estudantes e docentes em uma ampla pesquisa sobre as condições da circulação viária das comunidades próximas a escola, e levando-os a elaborar e implementar projetos que visem melhorias nestas condições da mobilidade, tornando a circulação mais segura, justa e eficiente.

OBJETIVOS
  • Envolver os alunos na observação, análise e crítica das  condições de circulação viária em todos os seus ambientes  de convivência;
  • Promover ações solidárias, participativas e responsáveis  entre os alunos envolvidos, que incentivem a circulação  segura e harmoniosa dentro e fora da escola;
  • Favorecer a adoção de Competências, Habilidades e Atitudes  que favoreçam a formação cidadã e o convívio social;
  • Dar visibilidade a projetos escolares que se destacam na  implementação de ações educativas sobre circulação viária
ESTRUTURA DA FORMAÇÃO DOS PROFESSORES(AS)
Em 11 de março de 2020, Tedros Adhnom, diretor geral da Organização Mundial de Saúde elevou o estado da contaminação da Covid-19 à condição de pandemia. A partir desse momento, a organização social mundial foi severamente impactada, trazendo consequências para todas as atividades e áreas do conhecimento humano. Podemos até mesmo afirmar que, os impactos decorrentes desse período serão sentidos por diversas gerações e não seria exagero afirmar que,  a partir desse momento, a história do século XXI poderá ser classificada pelos períodos “pré” e “pós pandemia”. 

Na educação, os efeitos dessa revolução planetária também foram sentidos e, inovações que a décadas estavam sendo apenas pensadas ou aplicadas de forma experimental, tiveram que ser implementadas em questão de meses. Nosso maior desafio foi buscar práticas pedagógicas inovadoras mediadas por tecnologia, mas que valorizassem  a construção coletiva do conhecimento, incentivasse a criatividade e garantisse a premissa do desenvolvimento de competências e habilidades para que os educandos se transformassem em protagonistas do seu processo de aprendizagem e, sendo protagonistas, fossem capazes de responder às mais diversas situações problemas que afetam as suas vidas de forma individual e coletiva.

Considerando todas estas variáveis realizamos um desenho de capacitação do Educação Viária é Vital 2022, privilegiando as ferramentas tecnológicas que permitem a realização da Educação à Distância – EAD, alinhadas as principais metodologias de aprendizagem ativas disponíveis, a saber:

  1. Os participantes recebem um convite eletrônico, e realizam o cadastro na plataforma de EAD, Com login e senha definidos pelos participantes, a plataforma emite uma confirmação automática para o e-mail cadastrado e, assim, os professores(as) têm acesso as Trilhas de Aprendizagens e a coleção A Escola e a Mobilidade Sustentável.
  2. Nesse primeiro contato com os conteúdos do programa, utilizamos a Sala de Aula Invertida,  metodologia que permite que os participantes realizem as atividades propostas nas Trilhas de aprendizagem e os conteúdos da coletânea A Escola e a Mobilidade Sustentável,  adquiram conhecimentos prévios para participar do Encontro Online com o educador(a) da Fundación MAPFRE.
  3. Em parceria com os gestores de educação/trânsito, são formados grupos que podem variar de 10 a 200 pessoas que, participam do Encontro Online realizado via plataforma ZOOM/Google Meet. Considerando que os participantes já realizaram as duas primeiras Trilhas de Aprendizagem, o encontro  fica mais produtivo e dinâmico, focando em discussões, dúvidas e na construção coletiva do conhecimento. 
  4. O foco do Encontro Online é discutir as inúmeras possibilidades de aplicação da Pedagogia de projetos às competências da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) , tendo como pano de fundo as inúmeras questões ligadas a Mobilidade Sustentável. A partir desse encontro é elaborado um cronograma de ações e os professores(as) contam com apoio da equipe técnica da Fundación MAPFRE durante todo período de desenvolvimento dos projetos nas unidades escolares.
  5. Os professores(as), juntamente com alunos(as) e comunidade, desenvolvem os projetos elaborados e enviam, vai plataforma,  a sistematização para avaliação da equipe técnica da Fundación MAPFRE. A ficha de sistematização está disponível na plataforma.
  6. Os projetos avaliados são convidados para participar do Encontro Nacional, realizado na cidade de São Paulo e  concorrem a 10 prêmios como Destaques Nacionais. Cada uma das 10 escolas premiadas recebe um prêmio para a escola.

CERTIFICAÇÃO: Todos os participantes que concluírem 100% das atividades propostas na plataforma (três Trilhas de aprendizagem), recebem certificado de 40 horas emitido pela Fundación MAPFRE.